InícioGaleriaFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Wall Street - Wig Wam

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Whiplash
Ajudante
Ajudante
avatar

Sexo : Masculino
Mensagens : 584
Reputação : 2653
Data de inscrição : 20/05/2012
Idade : 19
Localização : DF

MensagemAssunto: Wall Street - Wig Wam   Qui Jun 07, 2012 9:31 am

Após pouco mais de dois anos do lançamento de “Non Stop Rock N’ Roll”, os noruegueses farofeiros do Wig Wam colocaram um disco novo na praça. “Wall Street” é o quarto disco do grupo e algumas mudanças em sua sonoridade estão evidentemente sendo trabalhadas por aqui. Mas ainda é um prato cheio para os fãs do bom e velho Hard Rock dos anos 1980.


O disco começa bem característico com a faixa título, também primeiro single, que soa clichê mas tem um gosto de novidade ao mesmo tempo. O andamento é tipicamente Wig Wam, com um grande refrão, mas se difere pelo aspecto soturno que aqui predomina. OMG (Wish I Had A Gun) é guiada por um riff incrível e, assim como a anterior, foge um pouco dos clichês, o que é ótimo pro grupo. Também distinta, Victory Is Sweet é guiada por um sintetizador, mas essa não é tão boa quanto as outras. Soa um pouco perdida.
The Bigger The Better, altamente grudenta, tem a clássica batida de Rock de arena, com direito a palminhas de fundo. Bleeding Daylight tem um aspecto meio Metal Melódico e é um pouco maçante, então pode ser facilmente dispensada. Em seguida, temos a belíssima balada Tides Will Turn, com uma performance impactante do vocalista Glam e a presença de um instrumental muito bem trabalhado, com piano, violão, violino e violoncelo.


A sétima do disco, Wrong Can Feel So Right, é cativante e grudenta. Hard básico, sem firulas e galgado nos anos 1980. One Million Enemies começa com um riff de sintetizador que mais parece trilha sonora de videogame dos anos 1990, mas logo quando a guitarra entra, nota-se um peso elementar, que é também mantido na seguinte Try My Body On. Riffs pesados se aliam aos ganchos melódicos costumeiros do Hard Rock farofa principalmente nessas duas faixas.

Natural High é uma semi-balada agradável, atrelada ao Pop Rock, sem apelar para os clichês românticos do Hard farofa. O encerramento fica por conta do instrumental Things Money Can’t Buy, que evidencia o talento do guitarrista Teeny – já muito bem evidenciado não só neste disco como nos anteriores também. Um cover sensacional de School’s Out, clássico do Alice Cooper, foi registrado como faixa bônus. A melodia original foi respeitada e Glam consegue imitar tão bem a tia Alice que dá pra confundir no momento da audição.

No geral, “Wall Street” marca uma mudança interessante no Wig Wam. A banda está mais madura e investe um pouco em elementos musicais que estão fora de sua zona de conforto, flertando com alguns aspectos da Disco Music, do Heavy Metal e do Pop Rock. De sintetizadores até instrumentos clássicos, o quarteto tenta uma diferenciação do clichê que até pouco tempo atrás, apenas reafirmava. Claro que essas mudanças precisam ser trabalhads, pois em alguns momentos as músicas soam desconexas entre si, mas o grupo está indo no caminho certo.



Glam (vocal)
Teeny (guitarra)
Flash (baixo)
Sporty (bateria)

01. Wall Street
02. OMG! (Wish I Had A Gun)
03. Victory Is Sweet
04. The Bigger The Better
05. Bleeding Daylight
06. Tides Will Turn
07. Wrong Can Feel So Right
08. One Million Enemies
09. Try My Body On
10. Natural High
11. Things Money Can’t Buy
12. School’s Out (Bonus Track)



Fonte: Wall Street - Wig Wam - Resenhas de CDs http://whiplash.net/materias/cds/156226-wigwam.html#ixzz1x78R1Z2L

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Wall Street - Wig Wam
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Rig de Roger Waters na "The Wall 2012 Tour"
» ALIEN WALL (30.12.2011) :
» Billie Jean [Letra, Tradução, fotos e curiosidades]
» Vamos Mixar? - #2
» Hammers of Misfortune

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Music Area :: Notícias sobre música-
Ir para: